Barra Gov
Portal do Governo Brasileiro
Ministério da Educação

Escolas do Pecim compartilham experiências educacionais durante o período de enfrentamento à Covid-19

O Ministério da Educação promoveu três oficinas para os participantes do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) compartilharem experiências de enfrentamento à Covid-19. O público-alvo foram os pontos focais das secretarias estaduais e municipais de Educação, diretores, coordenadores pedagógicos e militares envolvidos com o Pecim. Eles conversaram nos dias 15 e 16 de junho, por videoconferência, sob a coordenação da Diretoria de Políticas para Escolas Cívico-Militares do MEC.

OFICINAS

Foram realizadas oficinas, de acordo com a situação das escolas, com nove representantes cada, contemplando as cinco regiões do País.

RESULTADOS

Os participantes não só relataram as dificuldades e os desafios diante do coronavírus, mas também apresentaram as boas práticas e as experiências exitosas sobre acolhimento, reorganização pedagógica, plano de recuperação, além de sugerirem ações que possam ser replicadas de forma a contribuir para uma melhor atuação das escolas no cenário atual. Uma delas é a preparação do ambiente para a volta dos alunos: há casos em que organizações militares, próximas às escolas, por solicitação das secretarias de educação, apoiaram na desinfecção dos espaços nas unidades de ensino – uma sugestão que pode ser expandida para outras escolas do Pecim.

Os tópicos debatidos nas oficinas estão sendo consolidados e serão compartilhados com os demais integrantes do Pecim, para que possam contribuir, colocando em prática e disseminando as informações, considerando a realidade local de cada escola e respeitando, sempre, o pacto federativo e a autonomia das escolas.

 

Assessoria de Comunicação, com informações da Diretoria de Políticas para Escolas Cívico-Militares (Decim) do MEC.

 

 

 

 

Contatos

Tire suas dúvidas
Por telefone: 0800 616161 Ligação gratuita ao usuário. Atendimento em dias úteis entre 8h e 20h.
Pela internet: autoatendimento do MEC no link.
.